Microsseguros: Risco de Renda, Seguro Social e a Demanda por Seguro Privado pela População de Baixa Renda - Neri, Marcelo Cortes

Novembro/2015

Sobre o paper: 

A aquisição de seguro contra incertezas está presente em diversas dimensões da vida das pessoas como as provisões associadas a doenças, acidentes, roubos, mortes e desemprego. O microsseguro melhora a capacidade da população de baixa renda de lidar com estes riscos. O Brasil tem um sistema financeiro razoavelmente desenvolvido mas ainda com baixa cobertura entre os pobres, em particular no que se refere ao ramo de seguros. A avaliação dos impactos do microsseguro sobre o bem-estar e a demanda de diferentes serviços financeiros requer uma análise da dinâmica de renda individual e uma avaliação conjunta de riscos, atitudes e instituições complementares e substitutas que condicionam o comportamento individual. O Estado brasileiro oferece uma cobertura de seguridade social relativamente ampla com uma alta proporção de benefícios não contributivos que deslocam a demanda por seguro e poupança. Por outro lado, esta mesma infraestrutura pública, se bem endereçada, pode em alguns casos auxiliar a oferta de serviços de microfinanças. Este trabalho estima a demanda por diferentes seguros privados por indivíduos situados na base da distribuição de renda usando microdados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF/IBGE). O objetivo final é ajudar o entendimento dos dilemas enfrentados pela indústria nascente de microsseguro no país.